Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

Mais que 1 sentimento…

Observa-me

E não me pressiones,

Olha para mim…

Levanta a mão se ainda não delinquíste

Percebe… eu sou um pecador.

 

Molda-me, guia-me…

É tudo igual para mim

Conversa da treta

Diálogo sem nexo

É tempo perdido

 

Olhas para mim

E nem consegues ver

Ou não queres entender

Que eu sou um pecador

Não me pressiones

Não me doutrines

Levanta a tua mão se és como eu…

 

Se isto é tudo o que sonhavas ter,

Nunca ouves o que eu te quero dizer

Então… grita!

 

Eu sou um pecador,

E a fileira à minha frente não é pequena

Então…

 

Olha para mim

E não sejas hipócrita

Levanta a mão e entende…

Eu sou um pecador!!

 

 

...uma realidade

 

por: psico, “o mau”

Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009

Criminoso


Criminoso… o sofrimento,
Traduz em mim o criminoso,
O sofrimento… trata-me como um criminoso
No sentimento de solidão
É típico…
Não é suficiente que
Queime em agonia
Que se mantenha inerte em mim…
A raiva apodera-se
Enquanto aprendo a esconder a agonia
É a solução final,
Encerrar a porta
De uma vez por todas…
 
Num mundo que não quero perceber
Uma mensagem que nunca quis endereçar
Libertar-me de tudo o resto
Quero apressar o fim
Não digas que não posso embarcar
Na cicatriz que recusa fechar
Liberta-me de tudo o resto
Só quero apressar o fim…
 
A dor é muito mais que física
Para além do que possas acreditar
Quando a solidão se apodera
É típico
Para mim chega…
Para me salvar de uma vez por todas…
 
Não contradigas…
Estou em rota
Que nunca compreenderás
Liberta-me de tudo o resto
Apressa o fim em mim…
 

por: psico, “o mau

 

 

. indiferente às 23:45
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Novembro de 2007

psicotico

Quero alucinar

Enlouqueçam…

Corram, escondam-se

Eu quero o vigoroso, suculento,

Vermelho, propósito da vida

Não é suficiente ter apenas um pouco

Eu quero todo agora!

Consegues entender?

Necessito enlouquecer

Eu quero ouvir-te dizer

Diz que necessitas, que procuras

Não quero esperar até que termines

Não é o suficiente e anseias por mais

És um marado dos c*rnos

E agora queres mexer comigo…

 

Eu quero enlouquecer

Aguça a minha vontade

Quero ouvir-te gritar

Diz-me para te apoderar, diz-me o que te assusta

Até que terminemos

Não é suficiente

Estás a ouvir?

És uma emproada

E agora queres enlouquecer-me

 

(decide, decide entrega-te…

decide, decide não resistas…)

 

Sinto o sangue fervilhando nas minhas veias derramando

Na minha alma

A agora a vontade aumenta

Aproxima-te minha pretensiosa e prime o gatilho

Liberta a violência que se prende em mim

e a viagem chega ao fim…

 

por: psico, “o mau”

. indiferente às 19:23
link do post | comentar | favorito

Sonhar acordado

Estranho como os tempos passam tão ligeiro

Devemos recordarmo-nos de apreciar a viagem

Antes que seja tarde de mais e nos despistemos

A vida foge no flash

 

Olhando através dos anos

Fotografias e diários guardados

Primeira bicicleta e 12 pontos do queixo a condizer

Levantamo-nos outra vez…

 

Sonhar acordado é uma das formas de percorrer o passado

Espaços no tempo

Que todos esperávamos que durassem para sempre

Não percas quem tu és

Sê como és…

 

Dias de preguiça, noites de verão, desejo

Para estar novamente a sós comigo

Na minha mente, onde estou resguardado

Sem contas a prestar…

 

Por: TJ, “o Bom”

. indiferente às 18:57
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Mais que 1 sentimento…

. Criminoso

. psicotico

. Sonhar acordado

.arquivos

.Contador

track webpage traffic
blogs SAPO

.subscrever feeds